Algo em seu olhar

Não sei como dizer,
mas quando ela vem e me diz "oi"
e meus olhos miram os olhos dela,
por alguns instantes mergulho naquele doce horizonte,
e por algum tempo fico mudo, congelado no tempo,
e retorno o seu "oi" com um desejo de tocar aqueles rubros lábios...

Ah...
...como quero sentir o calor do teu abraço...

Me esqueça...

Talvez um dia você tenha realmente gostado de mim,
mas quando eu não sei, o teu sentimento mudou,
e mesmo dizendo que me amas, tocando meus lábios com teus doces beijos,
me deixando mergulhar em teu corpo macio e perfumado,
eu sinto que você quer me machucar...

Eu não sei o que fiz de errado,
o que eu disse que te magoou,
nem se o problema é realmente comigo ou se na verdade você nunca levou o que havia entre nós a sério...

Mas estou cansado de ouvir tuas juras de amor,
passar a noite ao teu lado,
e de repente não ter mais notícias tuas,
te ligar e você fingir que a ligação esta ruim, acreditando que estou usando VOIP, quando na verdade só mascarei meu número...
...e de repente você ligar me falando da saudade, de beijos e abraços...

Mesmos passos

Por mais que os dias passem,
e eu pense estar fazendo tudo diferente,
sempre volto para o ponto de partida,
e nunca faço nada de novo...

Mesmo que eu mostre para todo mundo que estou bem,
toda noite ainda acordo na madrugada,
e fico procurando o corpo dela pela cama
e só encontro as lembranças do tempo bom que vivi com ela...

Saudade...

Até quando meu peito vai doer quando eu pensar em você?

Até quando vou ver as coisas e pensar: "disso ela não gosta", "fizemos isso juntos"...

Até quando vou chorar quando revirando uma gaveta, ou o guarda-roupas, um livro, um caderno antigo, encontrar algo teu ou que me lembre você?