Anjo Negro

E o anjo negro pousou suas mãos sobre os meus ombros,
me puxou e me deu um abraço frio,
olhou em meus olhos, e com sua doce voz me questionou:
Porque não apresentas medo nesse momento em que te envolvo?
E eu respondi:
Pois teu abraço, oh gran ausência, é o único abraço que recebi durante todo esse tempo que tenho sobrevivido...