Basta!

Não quero ser teu porto seguro,
não quero ser aquele a quem você sempre volta quando teus casos chegam ao fim...

Eu não quero ser aquele que você procura quando se sente perdida,
aquele que você procura quando teu coração magoado precisa de carinho
e teus lábios anseiam por beijos apaixonados...

...não quero mais ser aquele que sempre te espera de braços abertos,
a partir de hoje quero ser para você apenas retratos, lembranças do passado...
...quero sorrir outros risos, chorar outras desilusões,
não quero mais viver estas noites frias e turbulentas nas quais pensando nas horas lindas que passamos juntos
fecho meus olhos e adormeco calmamente...

Não quero mais esta constante incerteza de quando você retornará ou partirá...

Quero sonhar, e quem sabe ter alguem ao meu lado que possa viver esse sonho comigo...

Em cada rosto vejo você...

Ate quando vou beijar outros labios
Mergulhar em outros desejos
E ver o teu rosto, sentir o teu sabor e procurar sentir o teu carinho?

Até quando esse sentimento que tenho por você vai ficar me ferindo e as lembranças continuarão a devorar meu peito?

Saudade...

Sei que em teu olhar outro se reflete nesses meses incontáveis que me perdi de ti...
...mas ainda choro pela madrugada, e em cada lágrima derramada revivo uma lembrança boa do tempo que você estava aqui e me aquecia e quebrava o silêncio dessas noites frias em que fico sozinho...

Estou com saudades,
me sinto perdido desde que tudo se tornou lembranças estampadas em fotos, bilhetes, ingressos de cinema sobre a estante, fios de cabelo no cobertor, e em cada parte de meu quarto...

Mesmo tentando me convencer que estou melhor sem ti,
não consigo evitar pensar em ti, e imaginar em ter você devolta...