Voltar no tempo...

Os dias passam,
e a cada dia desejo cada vez mais que eu tivesse uma máquina do tempo...

O tempo que vivi ao teu lado,
as coisas que aprendi com você,
os lugares que passei contigo,
e tudo aquilo que só você me deu
revive em meus pensamentos desde a hora que abro meus olhos na madrugada
até quando me deito na noite ja quase dia...

Ah, se eu pudesse voltar atrás...
...aproveitaria mais cada instante contigo,
e tentaria outras formas de despertar em teu coração o verdadeiro amor,
e talvez eu ainda teria os teus braços e o teu corpo macio
para enlaçar meu corpo e adormecer vagarosamente sentindo as batidas de teu coração com a minha mão sobre o teu seio nú...


Ah, se eu pudesse voltar atrás,
e soubesse dizer tudo o que eu sinto no meu peito por ti...
Ah, você foi minha inspiração, meu porto seguro,
me levou aos céus com teu jeito de menina mulher...

Mas essa história acabou,
e você se foi, e essas lágrimas que teimam em rolar do meu rosto
quando penso que essa história ainda não teve um final, um dia secarão
e quem sabe nesse dia eu encontrarei um outro amor,
quem sabe não tão intenso e profundo como o que senti por ti,
mas talvez que me faça fazer planos em que eu não inclua você...

Mas se eu pudesse voltar atrás,
mesmo sabendo que talvez terminara assim,
eu voltaria só para ter teus lábios nos meus mais uma vez...

Time after time

Durante muito tempo repeti para mim mesmo
que tudo era apenas minha fértil imaginação
e palavras de pessoas que queriam nos separar,
até ouvir a tua doce voz cantando
a história que eu não queria escutar.

Durante algum tempo perdi a direção
não sabia o que fazer,
meus sonhos estavam esparramados pelo chão,
e eu ficava tentando entender...

Durante alguns meses você me ligou,
e eu acabava atendendo
e você dizia da saudade, das lembranças,
pedia desculpas, e me enchia de esperança...
...e acabei mais uma vez acabei cedendo


Durante algum tempo meu coração se alegrou,
mas logo que teus lábios tocaram os meus,
sentir que o teu sabor não era mais o mesmo
e que em teu olhar me contou tuas reais intenções...


Durante algum tempo quiz fingir que não percebi,
e para minha cama te levei novamente,
e te amei como sempre, e por um instante
deixei as portas do meu coração aberta
para você entrar e quebrar tudo novamente...

Durante algum tempo me arrependi de ter te conhecido
de ter deixado tuas mentiras me ferir,
de ter te dado meu carinho e dedicação
enquanto para ti tudo era só um amor de momento...

Durante algum tempo lutei contra minhas lembranças
que teimavam em me pregar uma peça
e trazer momentos felizes, de risos ao por do sol,
de amor na rede do quintal,
e diversas outras coisas irreais...

Durante muito tempo,
pensei que a dor de te amar
e saber tudo o que você fez comigo
sempre faria meu coração sangrar,
mas meu coração a algum tempo já bate mais rápido quando sinto o perfume dos abraços que não são teus...

Tempo perdido...

Nesses anos errantes tenho caminhado em círculos,
vivendo todos os dias da mesma maneira,
refazendo os mesmos passos e cometendo os mesmos erros...

Eu sei que eu perdi algo,
eu sinto que perdi algo,
mas não consigo realmente entender o que, nem quando perdi,
nem o que fazer para recuperar...
Apenas sinto como se eu estivesse vagando por ai sem um rumo certo,
sem um lugar para chegar...

...e abro meus olhos e não enxergo nada,
grito e escuto apenas o eco da minha voz rouca e fraca pedindo ajuda,
estou perdido, só, jogado junto com essas fotos, rabiscos e lembranças espalhadas pelo chão quente de meu quarto...