Tempestade

Ta chovendo la fora,
chovendo forte, ventando... ...e os trovões? Assustadores...
...as telhas parecem que vão ser levadas pelo vento...

Quando ela me liga, diz aquelas doces palavras que quero ouvir, com aquela voz macia
é como se ao longe eu avistasse nuvens trazendo chuva nesses dias quentes de Rondonópolis...
Mas de repente toda a calmaria se transforma em tempestade,
eu continuo trancado em meu quarto, sufocado...
O tempo passa, e parece que cada vez mais rápido
se vão as horas, se vão os dias, as semanas, os meses, os trimestres, os semestres, os anos...

Era como se fosse ontem,
sábado a tarde, eu tomando um tereré,
você chegou tímida, a gente se olhou de canto de olho,
você falou que o gelo estava virando água derretida,
nós rimos juntos pela primeira vez...
E durante a noite, nos esbarramos numa festa,
conversamos sobre nada que fizesse sentido,
apenas conversamos buscando algum motivo para falar e ficarmos juntos...
...e de repente a gente se aproximou por causa do barulho,
sentimos o perfume um do outro de mais perto,
encostramos os  rostos e conversamos ao pé do ouvido
e lentamente meus lábios e teus lábios se encontraram num esbarrão,
e vc sorriu, e de repente provei o beijo mais doce que alguem me deu.

Ah, como até as coisas do começo podem ainda estar tão vivas em mim,
se já vai fazer 2 anos que nos perdemos?
Como ainda lembro das coisas que você não gosta,
como ainda posso fazer as coisas e lembrar de como seria a sua reação?

Será que é porque quando estou começando a viver a vida sem pensar tanto em você,
você percebe e me liga, e me pede um encontro para conversar,
e durante as conversas me toca, me abraça, toca teu rosto no meu,
deixa teu perfume em meu corpo, e me convence a tirar a armadura que eu comprei para usar contra você
e no fim da noite estamos juntos, fazemos amor com toda aquele calor da primeira vez
e eu caminho pelo teu corpo, te causo arrepios e tudo parece que vai ser como antes?

Tu me manques (Sinto sua falta)

Mais uma vez você ligou,
e com o coração acelerado fui ao teu encontro
alimentar meu coração com a ilusão de que terei você de volta para sempre...

Ah como me dói pensar em todos os momentos que vivemos,
lembrar de todos os sonhos e camas que dividimos,
lembrar de teus planos e medos e saber que você conhece cada um dos meus, mas ainda assim saber que você nem se importa...

Ah, como eu queria conseguir te dizer adeus de uma vez por todas,
e seguir meu caminho sem ficar esperando você ligar,
sem ficar imaginando o dia que você voltará
e deixará eu fazer parte da sua vida e ser o pai de teus filhos...

Mas não consigo ficar sem você,
Eu te amo, eu ainda te amo, e isso está escrito em meu rosto por todas essas lágrimas que rolam de meus olhos fundos e em toda tristeza e ausência que tenho carregado comigo a cada instante da minha vida desde o momento em que você disse adeus...

E fica cada vez mais dificil te esquecer
toda vez que você vem e me faz reviver todos os meus sonhos contigo...
...e me envolve com teus braços perfumados, e me deixa ficar passando os dedos entre teus longos cabelos,
e me leva ao delirio com teus carinhos quando fazemos amor...

Ah, toda vez que você vem e toca meu corpo e minha alma
você acaba com tudo que comecei reconstruir em minha vida depois que você partiu...
E quando você parte fica só o nada, o menos, a falta, o incompleto, a ausência, o medo, a solidão, as lágrimas...

Ah, quantas perguntas gostaria de te fazer,
mas sempre que toco no assunto de como vamos ficar a partir de agora,
você me pede para parar com isso para não estragar o momento...
...queria saber se eu te disapontei, se eu te magoei...

Será que eu deveria me sentir culpado por esperar de nós mais que podemos ter?
Será que eu deveria me sentir culpado por ter me apaixonado por você

Quando a gente se encontra...

Por que apesar de todo esse tempo passado,
de tantas desilusões, amores de fim de semana...
...depois de todas as decepções que tive contigo e você comigo,
a saudade nos acompanha, e sempre nos encontramos para provar o sabor do beijo do outro
e por algumas horas esquecemos de tudo que nos fez sofrer?

Por que só quando mergulho na imensadão de teu olhar,
e silenciosamente sinto tua pele na ponta dos meus dedos
o meu coração bate calmo, e eu me sinto seguro, como se você e eu tivessemos sido feitos um para o outro?

Ah.... cada instante junto de ti, cada riso que dividimos, cada suspiro e arrepio
apaga as lágrimas, as brigas, as loucuras minhas e tuas...

Eu te amo, eu te odeio, eu te quero e te rejeito,
você me bate e me beija, me empurra e me prende,
e a cada recomeço você me surpreende com um novo segredo
e me confunde com teus mistérios
e me assusta e me deixa triste com teus segredos...

aguardar_ela_ligar = true

aguardar_ela_ligar = true
while(aguardar_ela_ligar)
 if hoje == 13 then
  if ela_ligar == sim then
   encontro("sabado")
   elseif
    if eu_ligar == sim then
     if ela_bom_humor == "sim" then
      encontro("semana que vem")
     else
      encontro("mês que vem")
     end
    end
  end
 end
end
/*
* ou seja, hoje é dia dela ligar, vou ficar esperando....
*/

História complicada

Como dizer a ela o que sinto,
se quando a vejo as palavras desaparecem?

Como dizer a ela que fomos feitos um para o outro,
se o coração dela está congelado e mesmo com os meus abraços mais aconhegantes e meus beijos e amassos mais quentes não descongela?

Como dizer a ela,
que penso o tempo todo nela,
que sonho o tempo todo com ela,
que faço planos de um futuro junto dela,
sem paracer um bobo que se apaixonou pela primeira e única mulher que teve - sei que muitos vão dizer que é esse o motivo.

Como mexer com o coração de alguem que sabe o que quer,
e não quer se entregar ao amor,
que só quer curtir e depois sumir por um ou dois meses e depois ligar, pedindo com aquela doce voz para que eu vá ao seu encontro passar o fim de semana juntos e passear na praça, no cinema e dormir num quarto de motel para matar a saudade...

Inexplicavel desejo

O que foi feito está feito e nada que fizermos poderá apagar ou mudar o que já passou...
Por isso feche teus olhos, sinta o perfume de meu corpo no ar e o calor de meus braços te envolvendo, se entregue pra mim, assim como eu me entrego para ti nesse instante...
E vamos amar loucamente e nos entregar a esse inexplicavel desejo, sem pensar no ontem sem pensar no amanha, afinal nós só temos esse instante para fazer tudo diferente das brigas e intrigas do passado...

Ana

Talvez sejam tardias estas minhas palavras alinhadas em versos tortos,
talvez teu beijos e teus carinhos ja tenham sindo conquistados por outro,
mas não sei mais como olhar tua imagem se aproximando sem admirar as tuas formas e cores,
não sei se consigo segurar a vontade que tenho de te abraçar e acolher você em meus braços,
não sei mais como te olhar nos olhos sem imaginar-me mergulhando profundamente em teu íntimo,
nem sei mais como sentir o perfume de teu hálito sem querer provar o sabor dos lábios teus...

Frío de la noche

Cuando la brisa fría del amanecer
me implica y hace caricias en mi piel desnuda,
en mi pecho mi corção bate triste
recordando los amaneceres fríos donde la brisa de su respiración
calentó mi piel mientras que me zambullí en su cuerpo

Fique, espere amanhecer...

Não afaste a tua boca da minha,
não agora! Descobri que a vida
é muito curta pra eu viver
afastado de ti querida...

Não, não fale mais nada amor,
a tua doce respiração
e as batidas do coração
já dizem o que sentes amor...

Não afaste o teu corpo do meu,
não, pois o frio da solidão
pode vir e me machucar,
não quero mais tristeza não...

Despertar de uma paixão

Pouco a pouco, mesmo sem querer,
cada vez mais sinto vontade de te ver mais vezes durante o dia,
de escutar tua voz, sentir teu perfume...

Às vezes vou te ver, e quando chego nem sei o que dizer,
paro na porta e pronuncio rapidamente um "oi",
e antes que você diga algo eu já saio...

Me sinto tão bem quando converso contigo,
e quando teus olhos olham direto nos meus...
...se eu pudesse eu ficaria o dia todo admirando cada detalhe teu...

Porém acredito que você nem imagina que meu coração bate acelerado quando vou ao teu encontro...

...talvez um dia eu crie coragem e me declare...

...talvez eu, temendo perder tua amizade, deixe esse encantamento guardado em meu peito...

Um dia a gente vai se encontrar

Será que realmente o nosso sonho acabou?
Será que o que nós fomos um dia, realmente se foi?
Será que um dia essa tempestade não dará lugar ao sol mais uma vez,
e teremos novamente os nossos momentos, os nossos desejos?

No meu intimo tenho certeza que vou te encontrar,
mas mesmo assim vez ou outra algumas lágrimas ainda rolam quando penso em você...

Algo em seu olhar

Não sei como dizer,
mas quando ela vem e me diz "oi"
e meus olhos miram os olhos dela,
por alguns instantes mergulho naquele doce horizonte,
e por algum tempo fico mudo, congelado no tempo,
e retorno o seu "oi" com um desejo de tocar aqueles rubros lábios...

Ah...
...como quero sentir o calor do teu abraço...

Me esqueça...

Talvez um dia você tenha realmente gostado de mim,
mas quando eu não sei, o teu sentimento mudou,
e mesmo dizendo que me amas, tocando meus lábios com teus doces beijos,
me deixando mergulhar em teu corpo macio e perfumado,
eu sinto que você quer me machucar...

Eu não sei o que fiz de errado,
o que eu disse que te magoou,
nem se o problema é realmente comigo ou se na verdade você nunca levou o que havia entre nós a sério...

Mas estou cansado de ouvir tuas juras de amor,
passar a noite ao teu lado,
e de repente não ter mais notícias tuas,
te ligar e você fingir que a ligação esta ruim, acreditando que estou usando VOIP, quando na verdade só mascarei meu número...
...e de repente você ligar me falando da saudade, de beijos e abraços...

Mesmos passos

Por mais que os dias passem,
e eu pense estar fazendo tudo diferente,
sempre volto para o ponto de partida,
e nunca faço nada de novo...

Mesmo que eu mostre para todo mundo que estou bem,
toda noite ainda acordo na madrugada,
e fico procurando o corpo dela pela cama
e só encontro as lembranças do tempo bom que vivi com ela...

Saudade...

Até quando meu peito vai doer quando eu pensar em você?

Até quando vou ver as coisas e pensar: "disso ela não gosta", "fizemos isso juntos"...

Até quando vou chorar quando revirando uma gaveta, ou o guarda-roupas, um livro, um caderno antigo, encontrar algo teu ou que me lembre você?

Voltar no tempo...

Os dias passam,
e a cada dia desejo cada vez mais que eu tivesse uma máquina do tempo...

O tempo que vivi ao teu lado,
as coisas que aprendi com você,
os lugares que passei contigo,
e tudo aquilo que só você me deu
revive em meus pensamentos desde a hora que abro meus olhos na madrugada
até quando me deito na noite ja quase dia...

Ah, se eu pudesse voltar atrás...
...aproveitaria mais cada instante contigo,
e tentaria outras formas de despertar em teu coração o verdadeiro amor,
e talvez eu ainda teria os teus braços e o teu corpo macio
para enlaçar meu corpo e adormecer vagarosamente sentindo as batidas de teu coração com a minha mão sobre o teu seio nú...


Ah, se eu pudesse voltar atrás,
e soubesse dizer tudo o que eu sinto no meu peito por ti...
Ah, você foi minha inspiração, meu porto seguro,
me levou aos céus com teu jeito de menina mulher...

Mas essa história acabou,
e você se foi, e essas lágrimas que teimam em rolar do meu rosto
quando penso que essa história ainda não teve um final, um dia secarão
e quem sabe nesse dia eu encontrarei um outro amor,
quem sabe não tão intenso e profundo como o que senti por ti,
mas talvez que me faça fazer planos em que eu não inclua você...

Mas se eu pudesse voltar atrás,
mesmo sabendo que talvez terminara assim,
eu voltaria só para ter teus lábios nos meus mais uma vez...

Time after time

Durante muito tempo repeti para mim mesmo
que tudo era apenas minha fértil imaginação
e palavras de pessoas que queriam nos separar,
até ouvir a tua doce voz cantando
a história que eu não queria escutar.

Durante algum tempo perdi a direção
não sabia o que fazer,
meus sonhos estavam esparramados pelo chão,
e eu ficava tentando entender...

Durante alguns meses você me ligou,
e eu acabava atendendo
e você dizia da saudade, das lembranças,
pedia desculpas, e me enchia de esperança...
...e acabei mais uma vez acabei cedendo


Durante algum tempo meu coração se alegrou,
mas logo que teus lábios tocaram os meus,
sentir que o teu sabor não era mais o mesmo
e que em teu olhar me contou tuas reais intenções...


Durante algum tempo quiz fingir que não percebi,
e para minha cama te levei novamente,
e te amei como sempre, e por um instante
deixei as portas do meu coração aberta
para você entrar e quebrar tudo novamente...

Durante algum tempo me arrependi de ter te conhecido
de ter deixado tuas mentiras me ferir,
de ter te dado meu carinho e dedicação
enquanto para ti tudo era só um amor de momento...

Durante algum tempo lutei contra minhas lembranças
que teimavam em me pregar uma peça
e trazer momentos felizes, de risos ao por do sol,
de amor na rede do quintal,
e diversas outras coisas irreais...

Durante muito tempo,
pensei que a dor de te amar
e saber tudo o que você fez comigo
sempre faria meu coração sangrar,
mas meu coração a algum tempo já bate mais rápido quando sinto o perfume dos abraços que não são teus...

Tempo perdido...

Nesses anos errantes tenho caminhado em círculos,
vivendo todos os dias da mesma maneira,
refazendo os mesmos passos e cometendo os mesmos erros...

Eu sei que eu perdi algo,
eu sinto que perdi algo,
mas não consigo realmente entender o que, nem quando perdi,
nem o que fazer para recuperar...
Apenas sinto como se eu estivesse vagando por ai sem um rumo certo,
sem um lugar para chegar...

...e abro meus olhos e não enxergo nada,
grito e escuto apenas o eco da minha voz rouca e fraca pedindo ajuda,
estou perdido, só, jogado junto com essas fotos, rabiscos e lembranças espalhadas pelo chão quente de meu quarto...