Reflexão

Tanto a ser feito,
mas nenhuma vontade,
nenhum animo,
nenhuma motivação...

...e o tempo passa,
consumido por esse vazio em minha existência...

...outro ano se acaba,
e meus projetos incompletos
se acumulam em minhas gavetas
e se espalham pelo chão de meu quarto...

...o ano todo deixei para depois,
pois tinha o ano todo...
...agora que não me resta tempo,
o desespero me invade,
e eu me encontro só,
sem uma voz para me guiar,
sem uma mão para me acalentar
nesses momentos de medo e insegurança...

...não tenho dormido direito,
nem me alimentado,
e os meses passam e eu continuo imóvel
deitado no chão frio em meio desses projetos inacabados...

Estou perdido,
sei o que fazer,
mas não tenho forças para me mover...